19 de dezembro de 2014

Balada do fim de semana

A tão esperada sexta-feira chegou! E para embalar o dia,
Ed Motta faz show Solo até domingo, nas terras cearenses. 


O músico apresenta seus maiores sucessos e traz um repertório acústico, no palco da Caixa Cultural. 

Informações:

Local: Teatro da Caixa Cultural
Data: 18/12/2014 a 21/12/2014
Horário: Quinta-feira e sexta às 20h, sábado às 18h e 20h e domingo às 19h
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).
Onde comprar:
Na sede da Caixa Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287 - Praia de Iracema
*Preço(s) sujeito(s) a alteração de acordo com a organização do evento.

CINEMA


Para quem prefere um programinha light, estreou esta semana o filme "Operação Big Hero". 

Após estranhos acontecimentos atingirem a cidade, Hiro Hamada, um gênio da robótica, se une aos seus melhores amigos: o robô Baymax, a veloz Go Go Tomago, o organizado Wasabi, a especialista em química Honey Lemon e o fã de quadrinhos Fred. Decididos em solucionar o mistério e com a ajuda da tecnologia eles dão início aos treinamentos para se tornarem os novos heróis da cidade.
Duração: 105 minutos
Classificação: Livre
Gênero: Animação
Diretor: Don Hall, Chris Williams
Elenco: Genesis Rodriguez, Alan Tudyk, Maya Rudolph


TEATRO


Para quem adora o Marcelo Serrado, não pode perder a peça "É o que temos pra hoje!". O ator conta com números de improviso e divide a cena com Gigante Léo. O comediante, que virou sensação em vídeos da série “Porta dos fundos", no YouTube, também tem um solo próprio na peça.

Informações:

Local: Siará Hall
Data: 20h
Horário: 20/12/2014
Ingressos: Cadeira e camarote: R$ 40 e R$ 80. Cadeiras numeradas: R$ 100
Onde comprar:
Bilheteria do Siará Hall
Endereço: Av. Washington Soares, 3199 - Edson Queiroz
Telefone: 3278.8400
*Preço(s) sujeito(s) a alteração de acordo com a organização do evento.

18 de dezembro de 2014

Cores podem influenciar o clima do ambiente e nosso humor; entenda

Roberto Migotto usou duas cores fortes em equilíbrio na Casa Cor 2013, em SP

As cores criam diferentes atmosferas e influenciam nosso estado de ânimo, elevando ou reduzindo a sensação de bem-estar. Percebemos os efeitos de um matiz por meio de uma rede de relações que estabelecemos em diferentes contextos espaciais, visuais e psicológicos. 

As cores não interferem por si mesmas nos espaços e sobre nosso bem-estar: as interações se dão via formas, estilos e texturas, por exemplo. Paladar, olfato, tato, audição, sensação de frio ou calor, etc., também associam-se à sensação cromática. Assim, a maneira como cada tom é aplicado é determinante para a análise de qualquer efeito psíquico que ele possa provocar.

CORES 2015: Entre as cores indicadas nas cartelas de tendências para 2015 da Lukscolor (www.lukscolor.com.br), Ibratin (www.ibratin.com.br), Cecal/ Eucatex e Pantone, pinçamos e sugerimos cinco paletas de cores para a decoração de sua casa no próximo ano. Levamos em consideração também os caminhos apontados pelas feiras e mostras do setor e a consultoria de Míriam Gurgel, autora do livro "Projetando Espaços - Guia de Arquitetura de interiores para áreas residenciais" (Senac)


Dos mais suaves aos mais profundos, os diversos tons de azul estarão presentes na decoração dos ambientes residenciais, transmitindo modernidade, energia e jovialidade, especialmente se combinados com variedades "queimadas" de amarelo, laranja, marrom ou dourado. Em tonalidades pastel, os azuis aumentam a sensação espacial e ajudam a acalmar, sendo recomendados para dormitórios. Os escuros e fortes, porém, podem induzir a introspecção e deprimir. Na foto: cadeira Cavour, da Poltrona Frau, e fogão da linha "1908", da La Cornue 


LARANJAS - Os próximos dois anos serão marcados pelos laranjas menos amarelados e mais frescos e cheios de luz. São tonalidades extrovertidas, energéticas e comunicativas. Para quem é adepto da descontração, vale experimentar a mistura desse matiz com violeta e/ou mostarda. Os laranjas estimulam o apetite, podendo ser usados na copa, na cozinha e na sala de jantar. Terracota, canela caramelo e mel são cores exóticas e quentes que, em tons fortes, estarão presentes na decoração. Na foto: cadeira desenhada por Patrick Norguet para a Cassina 


ROSAS: Versátil, a paleta de rosas desta temporada traz tons mais limpos, proporcionando múltiplas opções de combinação, das mais românticas com verdes suaves, até as mais ousadas com laranja avermelhado, ocre ou azul índigo. Por estar associada ao feminino e ao amor, cuidado ao usar o rosa, para não deixar o ambiente infantilizado. Na foto: poltrona Sacco, sofá e mesa de centro da Zanotta 


VERDES: Os verdes 2015 são mais sofisticados, discretos e refrescantes e combinam bem com tons de marrom cacau e canela. São ideais para ambientes onde serão tomadas decisões, por acentuar o equilíbrio e não favorecer discussões. Em tonalidades pastel são indicados para áreas de relaxamento, salas de espera, quartos de estudo e salas de reunião. Porém, em áreas de mais dinamismo, combine o verde com pitadas de amarelo, vermelho ou laranja. Quando desejar passar frescor e pureza, trazendo um pouco da natureza para dentro de casa, escolha pistache, verde-maça ou lima. Na foto, móveis da Moroso 


VERMELHOS: Os tons para 2015 são mais suaves e rosados, mas nem por isso menos envolventes. Podem ser combinados com cores menos clássicas e previsíveis, como amarelo ocre e cinza. Usado em demasia pode deixar o ambiente pesado e opressivo, além de diminuí-lo visualmente, portanto, explore grandes áreas brancas para ajudar na reflexão da luz ou componha a decoração associando variações de creme, que ajudam na percepção espacial. As tonalidades mais fortes são ideais para áreas frias, por aquecerem visualmente os espaços. O vermelho atua no plano racional das pessoas deixando-as mais objetivas e, por isso, se aplica aos cômodos voltados para a socialização. Também estimula o apetite e, dessa forma, pode ser usado em cozinhas, copas e salas de jantar. Na foto: mesa Tobi-ishi, desenhada por Edward Barber e Jay Osberby para a B&B Italia; vaso Venezia, da cerâmia italiana Ahura, e cadeira Rikka, assinada por Maurizio Galante para a Driade 


TERROSOS E METÁLICOS: Luxuosas, as cores arruivadas e terrosas que aquecem e enobrecem os ambientes e podem ser adotadas em detalhes da decoração. Inspiradas nos efeitos dos metais mais quentes como o cobre e o bronze, enriquecem as combinações de cores. Têm contraste perfeito com madeiras claras e emanam ousadia com laranja e mostarda ou elegância com nude e/ou marrom chocolate. Na foto: peças da Kartell e sofá desenhado por Vico Magistretti para a Cassina

Fonte: Mulher (Uol)

17 de dezembro de 2014

Confira 10 dicas de decoração para quartos pequenos

Quartos pequenos estão mais do que presentes nos projetos de casas e apartamentos. Aos desiludidos com a falta de espaço, a boa notícia é que dicas simples de decoração podem colaborar para tornar os dormitórios mais práticos e com aparência maior. Ficou interessado? Então, clique nos números acima e confira as sugestões dos arquitetos Sergio Astrauskiene e Gleice Cantero. Depois, basta liberar a criatividade, sempre de olho na harmonia.


Cores Claras



Cores escuras podem dar a aparência de que o quarto é ainda menor. Portanto, invista em tons claros, que conferem sensação de amplitude. O quarto de casal projetado pela arquiteta Maria Fernanda Rodrigues segue essa dica.

Alguns detalhes também são bem-vindos. A arquiteta Gleice explicou que uma das paredes pode contar com painéis, papel de parede, adesivos. “É interessante optar por tons mais claros. Se quiser um papel de parede com listras rosa, que o fundo seja bege, claro. Um papel todo colorido diminui o quarto”, completou Astrauskiene.

Invista em espelhos


Espelhos não servem apenas para conferir a aparência. Na decoração, têm a função de proporcionar aspecto maior aos ambientes. Uma sugestão da arquiteta Gleice Cantero é anexá-los à porta de correr do armário. Assim, não ocupam espaço na parede.
O dormitório da foto, proposto pelo designer de interiores Fábio Galeazzo, foi integrado ao banheiro por meio de portas com espelho.

Cama


Gavetas na cama são uma boa opção para ambientes pequenos. Alguns modelos box já vêm com elas. Se não os encontrar, vale até apostar em um colchão box em uma cama convencional.

A cabeceira é um importante item de decoração, que deve harmonizar com o estilo do restante do projeto, como afirmou Gleice. Pode ser almofadada, de madeira, de ferro. A da foto, idealizada pelo designer de interiores Fábio Galeazzo, é revestida em palha de seda.

Abuse das paredes


As paredes de quartos pequenos são grandes aliadas. Abuse delas com detalhes suspensos, como mostra o ambiente da foto, projetado pela arquiteta Maricy Borges. Prateleiras e nichos colaboram com a organização.

Objetos e roupa de cama


O ambiente claro pode ganhar cores e detalhes por meio de tapetes, roupa de cama, almofadas, cadeira colorida, pufe, quadros. Tudo isso sem exagero, é claro, e com tonalidades complementares. Se enjoar do visual, basta trocar os objetos e tecidos. O aspecto muda sem que se gaste muito. No quarto da foto, proposto pelo arquiteto Sergio Astrauskiene, as almofadas dão um charme a mais.

TV


Colocar a televisão na parede, como no projeto realizado pela arquiteta Maria Fernanda Rodrigues, é uma opção para ocupar menos espaço nos móveis. “Mas tem de tomar cuidado com o que vai ligar nela. É importante que se pense onde colocar o DVD, o videogame, o aparelho da TV a cabo”, afirmou a arquiteta Gleice.

Porta-retratos


Porta-retratos podem incrementar a decoração e reavivar memórias. É permitido investir em molduras de modelos e tamanhos diferentes, dependendo do estilo do dono do quarto. No dormitório idealizado pela arquiteta Maria Fernanda Rodrigues, as pequenas prateleiras servem de apoio para as fotos do casal.

Facilite a circulação


Encher o quarto de móveis pode atrapalhar a circulação, principalmente em quartos pequenos. A arquiteta Gleice recomenda deixar corredores de pelo menos 60 cm nas laterais das camas e em frente aos armários, como fez no projeto da foto. “Em quartos de solteiro, vale encostar a cama na parede, porque se acaba ganhando espaço para circulação. Fazer isso com cama de casal não fica bom, já que quem dorme ao lado da parede tem dificuldade para se levantar.”

Organização


Quanto menor o ambiente, mais organizado ele deve ser, segundo a arquiteta Gleice. Objetos jogados, sem espaço para serem guardados, poluem o quarto. Por isso, os móveis precisam de um bom planejamento. O projeto da arquiteta Maricy Borges conta com local específico para os brinquedos, por exemplo.

Móveis


Os móveis do quarto podem ser de materiais variados, como madeira e laca. Astrauskiene recomenda a fórmica pela facilidade de limpeza. Portas de correr otimizam o espaço, assim como uma bancada de estudo ao lado da cama, que também tem a função de criado-mudo.

O mobiliário do projeto da foto, idealizado por Astrauskiene e executado pela empresa Resevila, é revestido com fórmica branca, sendo que algumas gavetas receberam cor diferenciada para dar um toque a mais.

Fonte: Estilo e Vida (Terra)

16 de dezembro de 2014

Home office pode ficar na cozinha e corredor; veja opções

O ambiente deve atender às necessidades do morador, com o cuidado de que não pareça algo improvisado

Precisa de um espaço para trabalhar em casa, mas não tem um cômodo vago para o escritório? Pois saiba que é possível criar um home office em locais não utilizados de outros ambientes, desde que atenda às suas necessidades de maneira confortável e prática.

Normalmente, divide espaço com quarto ou sala, mas há opções até em cantos da cozinha e no corredor. “O ambiente escolhido varia de acordo com o perfil do morador. Em um banheiro, por exemplo, considero pouco habitual, até porque existe a umidade que não combina com equipamentos e papéis. Mas já desenvolvi uma bancada de trabalho dentro de um banheiro a pedido do morador. Não era o local principal de trabalho, mas ele gostava muito de responder os seus e-mails lá. Cozinhas também não são muito usuais, mas é possível que haja um ambiente integrando sala, cozinha e home office”, disse a arquiteta Cristiane Schiavoni. 

A preocupação é a de que não pareça algo improvisado. Para isso, as cadeiras e mesas podem e devem ser bonitas, mas o fundamental é que permitam que seus pés fiquem apoiados no chão e o antebraço na mesa, mantendo a coluna reta ao formar um ângulo de 90° com o quadril. Aposte em iluminação direta para não forçar a visão. 

Para que o cômodo fique mais leve e organizado, use gavetas, prateleiras e nichos. “Armários fechados com nichos abertos, que possam receber objetos decorativos, são ótimas opções. Armários que escondam impressoras, roteadores deixam o ambiente limpo. Mesas com compartimentos que escondam canetas e lápis organizam o espaço”, listou a arquiteta Cristiane. “Na mesa, deixe apenas adornos e o essencial, como computador/notebook”, completou a arquiteta Andréia Carla Médice. 

Na hora de decorar o home office em um cômodo integrado, é importante haver harmonia com o restante. “Se for dentro do quarto, geralmente o mobiliário segue um padrão de cor e material”, comentou Andréia. Cristiane lembrou que é possível escolher um móvel diferenciado, sem ter as mesmas cores e padrões, para dar destaque. Use o bom senso para avaliar o resultado final. 

Confira sugestões de locais onde é possível instalar o escritório em casa:

Integrado à sala, mas com possibilidade de ser fechado


Foto: Adriana Barbosa/Divulgação

Para deixar a sala mais linear e arrumada, é possível fechar o home office integrado com um painel de marcenaria, no projeto da arquiteta Silvana Lara Nogueira. A leveza do branco da porta contrasta com o tom mais escuro dos móveis de nogueira. 


Na sala, em frente à TV



Foto: Carlos Piratininga/Divulgação

A televisão pode tirar a atenção de muitas pessoas, mas há quem precise dela no home office. Levando em conta o perfil do morador, que gosta de conferir a programação da TV enquanto trabalha, a arquiteta Cristiane Schiavoni projetou a mesa do home office atrás do sofá, exatamente de frente para o aparelho. Informações: (11) 3649-4900.

Na sala, ao lado da TV



O cantinho que sobrou ao lado da parede da TV da sala também pode se transformar em um home office. A bancada que faz as vezes de rack também é o apoio do laptop, na proposta de Luciana Penna, do escritório Messa Penna Arquitetura e Interiores. O painel de madeira de demolição caiu bem com as tonalidades predominantes do projeto (cinza, branca e preta), enquanto o toque colorido ficou por conta dos objetos, como a luminária vermelha. 

No quarto, em frente à cama



Foto: Divulgação

O professor universitário precisava de um espaço para guardar seus livros e corrigir os trabalhos e provas dos alunos. A opção foi criar um home office em frente à cama, com uma bancada fechada e, em cima, uma minibiblioteca com livros e objetos trazidos de viagens. Que tal? A proposta é do arquiteto Rodrigo Kolton. 

No quarto, ao lado da cama



Foto: Marcos Antonio/Divulgação publicidade

O arquiteto Marcelo Rosset dispôs uma mesa com gavetas embutidas, em laca branca, na parede ao lado da cama. O home office segue a decoração predominantemente neutra do restante do cômodo.  

No quarto, atrás da cama



Foto: Divulgação

O ponto alto deste quarto, projetado pelo escritório de arquitetura e design Prado Zogbi Tobar, é a bancada de trabalho instalada atrás da cama, que aproveita melhor o espaço. O home office fica reservado, no fundo do ambiente, junto à janela. 

No quarto de visitas


Até o quarto de hóspedes pode ter um home office. O único inconveniente, é claro, será no dia que alguém for dormir no local. O ambiente, idealizado pela arquiteta Ana Yoshida, conta com uma bancada branca em um canto. O painel de folha de madeira é um fundo falso para esconder a fiação, caso a moradora queira um dia colocar uma TV ali. As prateleiras e as gavetas ajudam na organização. Informações: (11) 3477-7326.

Na cozinha


Cozinha também não é um ambiente muito usual para abrigar um home office, devido a detalhes como gordura e cheiro de comida, mas é possível aproveitar uma cantinho dela. A proposta do arquiteto Luis Pedro Scalise agradou a moradora, que considera o cômodo o “coração” da casa. A mesa branca fica ao lado das prateleiras da mesma cor. 

No corredor


Quando se precisa de uma bancada comprida para trabalho, que comporte duas pessoas, até o corredor pode se transformar em um escritório. No projeto do arquiteto Marcelo Rosset, o espaço de circulação que leva aos dormitórios recebeu uma estante, que conta com uma mesa para computador. Entre a mesa e os nichos, há um fundo laqueado na cor vinho, que dá destaque ao ambiente. 

Com vista para varanda


O escritório da foto tem um cômodo só para ele, mas o diferencial é a visão do painel verde da varanda. Essa integração deu charme ao ambiente, predominantemente branco. A proposta é da arquiteta Andréia Carla Médice.

Fonte: Vida e Estilo (Terra)

15 de dezembro de 2014

Decoração de mesa de Natal

E mais um post sobre decoração de Natal, porque não se fala mais de outra coisa, não é mesmo? Então, espero que a seleção abaixo ajude vocês a ter uma mesa de Natal bem decorada e feliz!


Acima, uma mesa básica, simples e elegante. Abaixo, o jeito de fazer uma “maçã luminária” que dá um efeito bacana na mesa de Natal


Acima, mesa em tons de dourado e verde, com velas e taças altas, um efeito sofisticado. Abaixo uma mesa singela para o café da manhã de Natal.


Acima, bolas douradas em taças, um arranjo simples e as cores verde, vermelho, dourado e branco. Abaixo, o xadrez dá alegria à mesa em vermelho e branco.


À esquerda, a mesa que abusa do brilho e da cor prata, um luxo, mas simples. Ao lado, uma mesa bem minimalista e bonita.


Acima, a mesa usa taças com uvas e ameixas e uma jarra com rosas vermelhas como centro. Abaixo, mesa em vermelho e dourado, com toalha  bem rebuscada.


Acima as taças, pratos e alguns detalhes em vermelho, com o centro de mesa e a toalha em branco que dão leveza ao conjunto. Sabe onde você encontra taças vermelhas ainda mais bonitas que estas? Já na foto abaixo, novamente o dourado aparece junto com o verde e vermelho.


As 2 mesas acima tem como ponto em comum os presentes sobre os pratos. Eu gostei muito das lanternas e guardanapos em xadrez da mesa da direita.


Detalhes bonitos para centro de mesa e organização de talheres, guardanapos e pratos.


Acima outra mesa com presentinhos nos pratos, toalha em vermelho e guardanapos verdes. E abaixo, as comidinhas vestidas de Natal.


Uma graça o cupcake árvore de Natal e a forma elegante, original e simples de apresentar a melancia.


Outro cupcake natalino e o aperitivo me deu água na boca… facinho de fazer, não é?


Acima uma forma bem humorada de apresentar os morangos e achei muito legal a  decoração da salada


Fonte: Simples Decoração

12 de dezembro de 2014

Dica para o fim de semana

A sexta-feira chegou! E você, já está preparado para aproveitar as festas deste final de semana em Fortaleza?

CINEMA


Vamos começar pela tão esperada estreia de O Hobbit que chegou o aos cinemas com "A Batalha dos 5 Exércitos". 

Depois de recuperar a vasta riqueza, agora os anões precisam enfrentar as consequências de terem libertado o aterrorizante dragão Smaug sobre homens, mulheres e crianças indefesas da Cidade do Lago. Conforme a escuridão cresce, os anões, elfos e homens devem tomar escolher se entre unir-se ou serem destruídos. Então Bilbo passa a lutar por sua vida e pela de seus amigos enquanto os cinco grandes exércitos vão para a guerra.
Duração: 205 minutos
Classificação: 14 anos
Gênero: Aventura
Diretor: Peter Jackson
Elenco: Orlando Bloom, Christopher Lee, Ian 

SHOWS


Para quem é metaleiro de coração, Biohazard, Destruction e Suffocation farão apresentações selvagens no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. 

Poucas vezes Fortaleza viu apresentações de bandas tão pesadas acontecendo simultaneamente. A Praça Almirante Saldanha, na Praia de Iracema, é o "campo de batalha" que separa os shows da banda norte-americana Biohazard, no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), e dos grupos Destruction e Suffocation, no Complexo Armazém. A distância entre os palcos é pouco mais de 50 metros.

Apesar da proximidade das apresentações, elas acontecem em horários diferentes (a primeira às 20h; as seguintes, às 21h), abrindo brecha para que os fãs consigam assistir a todos os shows.

Grupos cearenses

A cena cearense também marca presença nos dois shows. A banda Alma, que esteve no auge de suas atividades nos primeiros anos deste século, "volta" aos palcos com a responsabilidade de fazer o show de abertura da banda nova-iorquina Biohazard.

Já o trio cearense Siege of Hate, um dos nomes mais atuantes no Estado, aquece os pescoços dos headbangers no Complexo Armazém.

Mais informações:

Show da banda Biohazard. Abertura do grupo Alma. Hoje, às 20h, no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar (R. Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Ingressos: R$ 130 (inteira). Contato: (85) 3488.8600

Destruction, Suffocation e S.O.H. Hoje, às 21h, no Complexo Armazém (Av. Almirante Barroso, 444, Praia de Iracema ). Ingressos: de R$ 60 a R$ 70. Contato: (85) 3219.4322.

ARTES VISUAIS

Para quem gosta de conferir exposições, a Casa D'Alva recebe trabalhos de  Aldemir Martins. Uma homenagem ao artista  caririense que traz 52 desenhos, hoje, a partir das 19h30.

A vasta obra de Aldemir Martins contempla pinturas, desenhos e esculturas, contudo, somente os desenhos estarão em exposição na Casa D'Alva. Para José Guedes, a parte selecionada consagrou o trabalho do caririense, que foi premiado como melhor artista internacional na Bienal de Veneza com uma das obras que estarão presentes. "Ele tem boas técnicas de pintura, mas é no desenho que ele é mais forte, que consegue resultados mais impactantes para a história da arte".

A exposição reúne obras do acervo de Aldemir e da esposa Cora Pabst, adquiridas por colecionadores locais e de outros estados brasileiros. Segundo José Guedes, ainda que a exposição passe por sua curadoria, o novo espaço tem a proposta de não somente expor, mas também de comercializar os desenhos. Os valores das 35 obras que estarão à venda no novo espaço são variados: partem de R$ 7 mil e podem chegar a R$ 500 mil. Porém, mesmo após a venda, os desenhos permanecem na exposição até 30 de janeiro de 2015, quando a mostra será encerrada.

Mais informações:

Exposição "Aldemir Martins - Desenho Solar" inaugura Casa D'Alva (Rua João Brígido, 934), hoje, às 19h30. Entrada gratuita. Contato: (85) 3252.6948

MAIS MÚSICA


E novamente, a banda que já tem público cativo nas terras alencarinas aterriza para um show emocionante. Biquíni Cavadão se apresenta amanhã na 4a edição do Dragão Pop Music, na Praça Verde do Dragão do Mar que também trará os cariocas do Uns e Outros.

Com um DVD comemorativo de 30 anos de banda recém lançado, o Biquíni Cavadão afirma ainda ser "empolgante e desafiador" se apresentar no Ceará. "A gente se cobra muito para fazer o melhor", garante o vocalista, Bruno Gouveia.

O novo projeto, "Me leve sem destino", que vem com quatro canções inéditas, além de grandes sucessos da carreira, é resultado da gravação de um show realizado em Goiânia, que inicia as celebrações de aniversário da banda que deve sair em turnê no ano que vem. A capital cearense, claro, está entre as cidades por onde o Biquíni passará. 

Mais informações
Dragão Pop Music
Sábado (13), às 22h, na Praça Verde do Dragão do Mar (R. Dragão do Mar, 81). Ingressos: R$ 45 (pista meia) e R$ 65 (front meia). (85) 3488-8600

NA COLA DO RAP


A dupla de MC's do Bonde da Stronda, formada por Diego Villanueva (mais conhecido por Mr. Thug) e Leonardo Shulz, o Léo Stronda, volta a Fortaleza para mais um show que promete agitar os amantes do rap. Trazendo músicas do último CD "O Lado Certo da Vida Certa", os cariocas se apresentam na barraca Casa de Praia Lounge, hoje, a partir das 21h.

Para complementar as atrações, a festa vai contar ainda com a dupla sertaneja Luís Marcelo e Gabriel, com a banda The Vibe, além da batida eletrônica do deejay Fábio Andrade e do Projeto Duo.

Há 10 anos na estrada, os MC's vêm fazendo de suas letras e do estilo "stronda music" o principal meio de expressar ideias e experiências. "Nós tentamos mostrar o lado bom da vida, diversão, zoeira, festas, tudo que a gente realmente passa e vive. A galera se identifica com os temas", aponta Léo Stronda.
Mais informações

Show do Bonde da Stronda, sexta (12), às 21h, na barraca Casa de Praia (Avenida Zezé Diogo, 6651). Ingressos: R$ 30 (feminino); R$ 40 (masculino). (85) 9960-5877
STAND UP

Vamos rir?


Quem quer gargalhar a vontade, não pode perder a primeira vinda de Gabriel Louchard . O comediante desembarca em Fortaleza com espetáculo inédito, intitulado "Como é que pode?".

Sucesso de crítica e de público, vista por mais de 70 mil pessoas, e com direção do experiente Leandro Hassum, a comédia ressalta o talento do artista, que costura números de mágica com textos de humor, escritos pelo próprio Gabriel e por Mauricio Rizzo, redator de programas de sucesso como "A Grande Família", "Cilada" e "A Diarista".

Inspirado pela expressão popular "Como é que pode?", que dá nome ao espetáculo, o show mistura mágica e stand up no mesmo palco. Gabriel realiza esquetes e brinca com situações cômicas, como, por exemplo, as enrascadas que um mágico enfrenta durante o trabalho em festas infantis. O comediante também convoca o público para participar de truques e realiza números que surpreendem a plateia.

Mais informações

Gabriel Louchard apresenta o espetáculo "Como é que pode?"
Hoje (12), às 21h, no Beira Mar Grill (Av. Beira Mar, 3221, Meireles). Ingressos: R$ 30. (3242.7413).

11 de dezembro de 2014

O cinza é o novo bege na decoração


Decoração não precisa ser bege: invista em cores escuras sem errar


A Sala de Jantar, projetada por Carminha Ribeiro, Giselle Jaeger e Karina Ribeiro do Amaral, foi decorada por elementos em tons frios de cinza, branco e preto. Destaque para o lustre de cristal e para as cadeiras estilo Luís 15 usados na ambientação do espaço exposto na edição 2013 da Casa Cor Espírito Santo


O Apartamento do Hóspede da edição 2013 da Casa Cor Rio é uma criação de Roberta Devisate. Nos ambientes predominam as cores neutras, pontuadas por uma paleta que vai do cinza ao nude e do grafite ao cru. O preto aparece em objetos e móveis 


Predominantemente cinza, o living idealizado pela arquiteta Cristiane Schiavoni ganhou singelas pinceladas de cor no azul do tapete e nos tons de marrom das almofadas. O matiz base foi escolhido com o intuito de criar uma atmosfera neutra, moderna e sofisticada. "Paredes e móveis em cinza transmitem a sensação de equilíbrio e, assim, é possível brincar com acessórios e outros detalhes coloridos, pois o matiz aceita diversas composições", diz


Predominantemente cinza, o living idealizado pela arquiteta Cristiane Schiavoni ganhou singelas pinceladas de cor no azul do tapete e nos tons de marrom das almofadas. O matiz base foi escolhido com o intuito de criar uma atmosfera neutra, moderna e sofisticada. "Paredes e móveis em cinza transmitem a sensação de equilíbrio e, assim, é possível brincar com acessórios e outros detalhes coloridos, pois o matiz aceita diversas composições", diz 

Fonte: Mulher (Uol)